Nota Conjuntural Pnad-Covid19 analisa indicadores de saúde e de trabalho para junho de 2020

O Ideies lançou hoje a Nota Conjuntural mensal Pnad-Covid-19 que reporta os principais resultados para o Espírito Santo da Pesquisa Pnad-Covid19 realizada pelo IBGE com apoio do Ministério da Saúde. A pesquisa tem por objetivo estimar o número de pessoas com sintomas associados à síndrome gripal e monitorar os impactos da pandemia da Covid-19 no mercado de trabalho.

Saúde

No Espírito Santo, de maio para junho reduziu em 22% o total de pessoas que apresentaram alguns dos sintomas gripais associados ao novo Coronavírus. Em junho, 369 mil pessoas apresentaram alguns dos sintomas no estado, uma fatia de 9,1% da população total e 62 mil delas apresentaram alguns destes sintomas conjugados, representando 1,5% da população capixaba.

Trabalho

Em junho, mês com alguma flexibilização de medidas de distanciamento social no Espírito Santo, 206 mil pessoas estavam afastadas do trabalho que tinham devido à pandemia, 11,7% da população total ocupada no estado. Sendo que 45,7% delas (128 mil pessoas) estavam afastadas sem remuneração. Estes percentuais apresentaram uma redução em relação a maio, mês em que foram de 14,5% e 49,5%, respectivamente.

Na passagem de maio para junho, houve leve redução do total de pessoas não ocupadas e que não haviam procurado trabalho por conta da pandemia ou por falta de trabalho na localidade (-2,4%). Sendo estimados 257 mil pessoas nesta situação no estado, 20,1% da população fora da força de trabalho. Esta redução esteve associada à alta na taxa de desocupação, que passou de 9,6% em maio para 10,8% em junho. Indicando que parte das pessoas que estavam foram da força de trabalho em maio por conta da pandemia voltaram a buscar uma recolocação no mercado em junho, levando ao aumento da parcela de desocupação. No estado, 214 mil pessoas estavam desocupadas em junho.

Auxílio Emergencial

Em junho foram cerca de 1,4 milhão de domicílios capixabas que receberam algum tipo de auxílio emergencial devido à pandemia, um percentual de 42,8% do total de domicílios do estado. Em média, o auxílio recebido respondeu por um incremento de renda domiciliar de R$ 831.

    A Pnad-Covid19 é uma pesquisa realizada pelo IBGE, prevista para acontecer até um mês após o fim das medidas de distanciamento social.



Mais informações sobre outros indicadores e comparação com resultados do Brasil podem ser encontrados na Nota Conjuntural da Pnad-Covid19. A Nota será publicada mensalmente enquanto o IBGE divulgar a pesquisa.