Espírito Santo cria 9.384 novos postos formais em maio de 2019

27 de Jun

O Estado do Espírito Santo criou 9.384 novos postos formais de emprego no mês de maio, de acordo com as informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados pelo ministério da Economia em 27 de junho de 2019.

Setor agropecuário

Tanto para o Brasil quanto para o Espírito Santo o setor agropecuário foi o que mais criou novos postos formais no mês. No caso capixaba, ele foi responsável pela criação de 7.726 novos postos de trabalho celetista em decorrência da maior contratação de trabalhadores na colheita de café, principal atividade agrícola do Espírito Santo. Embora esse bom resultado se justifique pela sazonalidade do setor,  que habitualmente contrata mais nos meses de abril e maio, este foi seu melhor resultado desde maio de 2011, quando registrou a criação de 8.805 novos postos celetistas. 

A indústria

A indústria de transformação foi o segundo setor que mais criou postos formais no estado. Das 1.235 novas vagas criadas, 76% dos novos postos formais foram criados na indústria mecânica.

    A partir de agora será possível acompanhar mês a mês no painel dinâmico e interativo abaixo a quantidade de empregados admitidos e desligados, além do saldo de postos de emprego com carteira assinada tanto para o Brasil quanto para o Espírito Santo. 

    O leitor interessado em uma análise setorizada também encontrará no painel abaixo todas essas informações segmentadas por setor de atividade econômica e por ocupações.