Em abril, sondagem indica novo recuo da atividade industrial capixaba

21 de Mai

Os impactados econômicos da pandemia de Covid-19 intensificaram a queda da atividade industrial capixaba em abril. De acordo com a Sondagem Industrial para o mês de abril, o indicador de volume de produção apresentou um novo recuo (-4,7 pontos) e registrou 26,6 pontos, renovando a mínima histórica para o índice. Entre as empresas pesquisadas, 7 em cada 10 informaram queda no volume de produção em abril.

O índice de número de empregados foi o que apresentou a maior queda na passagem de março (45,5 pontos) para abril (34,9 pontos). O recuo de 10,6 pontos fez com o que o indicador apresentasse o menor valor de toda a série mensal.

Expectativas

Esses resultados da atividade industrial capixaba refletem os desdobramentos da atual pandemia e das medidas de distanciamento social, que acabam impactando as expectativas dos empresários industriais. 

Embora os indicadores de expectativas tenham apresentado uma ligeira melhora na passagem de abril para maio, os empresários demonstram pessimismo para os próximos seis meses. A intenção de investir segue baixa devido às consequências da pandemia sobre a atividade industrial e o pessimismo dos empresários provocado pela elevada incerteza sobre o futuro próximo.

A Sondagem Industrial é uma pesquisa de opinião, e seu objetivo é acompanhar o desempenho e as perspectivas da indústria, gerando indicadores de tendência passada e futura e de satisfação, que permite a empresários e analistas econômicos acompanhar a evolução recente da indústria.


    O Ideies divulga mensalmente um painel dinâmico e interativo com os resultados da pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) para o Espírito Santo e para o Brasil.

    Além disso, trimestralmente, o leitor tem disponível um relatório com análise dos indicadores relacionados ao nível de atividade da indústria capixaba e às expectativas para os próximos seis meses.

    Acesse o relatório com as informações do 1º trimestre de 2020 aqui.

TAGS: