Em 2019, atividade econômica recua 1,28% no Espírito Santo

Segundo as pesquisas mensais do IBGE para o estado, o comércio varejista ampliado cresceu 5,2% e o volume de serviços aumentou 1,0% em 2019, após cinco anos de resultados negativos. Mesmo assim, o IBCR-ES acumulou queda em 2019 puxado pela retração de 15,7% da produção física industrial capixaba.

Em dezembro de 2019, o IBCR-ES registrou queda de 0,63% na comparação com o mês anterior, na série livre de efeitos sazonais. Já em relação ao mesmo mês de 2018, a atividade econômica capixaba recuou 3,32%.

O indicador para o Brasil registrou o menor resultado nos últimos três anos. O IBC-Br sinalizou que a atividade econômica nacional (+0,89%) apresentou um ritmo abaixo das expectativas de mercado para o crescimento do PIB (+1,17%) em 2019, de acordo com o Relatório Focus do dia 03 de janeiro de 2020.

    Espírito Santo

    Dez-2019 / Nov-2019*: -0,63%

    Dez-2019 /  Dez-2018: -3,32%


    Brasil

    Dez-2019 / Nov-2019*: -0,27%

    Dez-2019 / Dez-2018: 1,28%

    (*) Dado dessazonalizado


O Índice de Atividade Econômica Regional (IBCR) é um indicador divulgado mensalmente pelo Banco Central que incorpora as informações sobre o desempenho da economia nos setores agropecuário, industrial, de serviços e de comércio a partir das pesquisas mensais do IBGE. O índice é útil para acompanhar a evolução da atividade econômica do Espírito Santo e do Brasil, mas não se trata de uma projeção do PIB.