Aumento nos preços de alimentos e bebidas e da passagem de ônibus são os principais responsáveis pela inflação de janeiro na RMGV

Região Metropolitana da Grande Vitória inicia o ano de 2019 com inflação de 0,28%, após variação de -0,01% em dezembro de 2018. O aumento nos preços de alimentos e bebidas e da passagem de ônibus impactaram o resultado.

O aumento da passagem de ônibus teve forte influência no resultado da inflação registrada em janeiro. Após estabilidade em dezembro, esse item teve alta de 5,50%. Das dezesseis regiões pesquisadas pelo IBGE, cinco apresentaram reajustes nas passagens de ônibus, sendo o da RMGV o segundo maior, com 10,51%.

    Além do aumento para o consumidor, o valor do subsídio governamental de cada passagem também cresceu, passando de R$ 0,6191 para R$ 1,0694. Ou seja, ocorreu uma elevação de 72,73%, a maior desde que os aportes começaram a ser realizados pelo Governo do Estado no sistema de transportes da Grande Vitória, em 2006.

No Brasil, a inflação oficial subiu 0,32% em janeiro, após alta de 0,15% em dezembro de 2018. No cenário nacional, os preços de alimentos e bebidas também tiveram forte influência no resultado do IPCA em janeiro, com aumento de 0,9%.