Setor de vestuário é o 3º que mais emprega na indústria do ES

No mercado nacional, o número de postos de emprego no setor de vestuário apresentou queda significativa em 2016 e 2017. A expectativa é que em 2018 o número de empregos deixe de ser negativo e comece a retomar o desempenho.


Segundo a RAIS (2016), o Espírito Santo possui 1.160 empresas atuantes no setor, destas, 85% são microempresas. No total elas empregam 13,7 mil pessoas, sendo que 65,4% são mulheres.


De acordo com uma pesquisa primária aplicada em 39 empresas signatárias do Compete-ES, realizada no período de 09 a 30-06-2018, a destinação das vendas da produção destas empresas concentra-se em outros estados do Brasil (73,4%), que não no Espírito Santo.

O Espírito Santo absorve 25,7% de tudo que estas empresas produzem. Por se tratar de pequenas e médias empresas, estas exportam apenas 0,9% da venda.

Entre 2016 e 2017, as empresas entrevistadas tiveram um queda de 7,2% na geração de empregos. Em contrapartida, pode ser observado que o gasto médio com salário e remuneração dos funcionários teve um aumento de 2% em 2017, quando comparado a 2016.


Outro fator observado, foi o aumento de 4,9% que as empresas realizaram com treinamento ou qualificação de seus colaboradores no ano de 2017. A pesquisa também apontou que houve uma grande queda no valor da despesa com P&D destas empresas (-15,7%) no mesmo período.