Exportações das indústrias extrativas no 1° tri. alcançam o maior valor desde 2016

No primeiro trimestre de 2019, as exportações capixabas alcançaram o valor de US$ 1.859 milhões, o que representou uma pequena variação 1,1% em relação ao mesmo período do ano anterior. 

Apesar do valor total das exportações ter variado pouco, observam-se diferenças no desempenho entre os setores da economia capixaba: as indústrias extrativas e a agropecuária tiveram aumento do valor exportado no primeiro trimestre, enquanto a indústria de transformação teve queda.

Analisando os setores individualmente, observa-se que as indústrias extrativas registraram US$ 958 milhões, o maior valor exportado para o período de janeiro a março desde 2016. Com isso, as indústrias extrativas mantiveram uma participação nas exportações capixabas acima de 50%. Já as exportações da agropecuária aumentaram de US$ 116 milhões para US$ 158 milhões.

    A indústria de transformação, por sua vez, registrou US$ 742 milhões em exportações, uma queda no valor exportado em relação ao 1° trimestre de 2018 num montante de US$ 147 milhões, e sua participação na pauta capixaba foi reduzida de 48,4% para 40,4%.

Outra ótica de análise da variação de 1,1% das exportações capixabas no primeiro trimestre de 2019 mostra que houve crescimento de 4,2% da quantidade exportada, observada pela variação no índice de quantum. Porém, uma queda nos preços de 3,3% impactou negativamente no valor total das exportações neste começo de ano.

Saiba mais sobre os índices de preço e quantum na nota de comércio exterior.